Início

Núcleo de Estudos sobre Psicologia, Migrações e Culturas (NEMPsiC)  interessa-se pela temática dos processos migratórios e respectivos impactos nas diversas dimensões do sujeito, especialmente no que diz respeito ao âmbito psíquico. Compreende-se a dimensão cultural tanto como o lugar central na expressão dos sintomas psicológicos quanto como parte integrante da personalidade de cada sujeito. O processo migratório implica não somente o deslocamento geográfico, mas também a experiência de passar a conviver com a diferença. Migrar consiste igualmente no rompimento de vínculos, de perdas, mesmo quando temporárias, do referencial cultural, de um lugar social, de uma realidade já familiar. As mudanças que ocorrem em todas essas dimensões geram estranhamento, o que pode levar a um estado de vulnerabilidade psíquica. Os refugiados trazem consigo uma especificidade ainda maior de tal experiência, dado o caráter involuntário do deslocamento.

NEMPsiC focaliza os fazeres psicológicos no contexto da psicologia clínica intercultural e da saúde mental. Nesse sentido, o grupo vem-se  tecendo por meio de projetos de pesquisa, ensino e extensão, junto aos diferentes níveis de atuação do psicólogo e da produção científica no âmbito da psicologia. Os temas atualmente abordados incluem: migrações e saúde mental e estudos transculturais.

A Psicologia Clínica Intercultural e as disciplinas a ela vinculadas (etnopsiquiatria, psicanálise, antropologia) constituem um campo de ação – pesquisa, ensino e extensão – muito presente nas instituições internacionais. O campo da Psicologia Clínica Intercultural também se preocupa com a adaptação das práticas de saúde e de assistência social às populações imigrantes.